Faça o seu comentário

Este post não permite comentários

Comentários

avatar
Tyr em 05 de agosto de 2010 às 11:19:48»
Loira:
Como eu mesmo disse, se não se policiar vira praga! E no meu caso, pobre não acostuma, vicia! Ei ja viu! Faço de tudo pra não usar palavras desse tipo. Ainda mais no meu trabalho! Mas uma sugestão de texto legal, ja que escreve muito bem, são cronicas mesmo! Adoro as suas! Pode mandar que leio sempre!
Amplexos!
avatar
LoiraInteligente em 05 de agosto de 2010 às 09:38:33»
Tyr,

Sabe o que é pior?
Palavrão é igual chiclete, gruda e insiste em não sair.
É assim: se você apenas ouve, incomoda e passsa. Se você fala, vira e mexe fica tentado a repetir. Se escreve também tem o mesmo efeito.
Estou desde o dia que escrevi esse post com dificuldades. Parece virose. Não consigo esquecer. Embora não fale, sempre lembro. Uma tentação.
Acho que vou escrever algo bem fofo e inocente, uma poesia sobre flores ou amores, quem sabe é o antidoto.
Um abraço
avatar
Tyr em 04 de agosto de 2010 às 13:40:42»
Loira, obviamente não! Mas acha mesmo que ia perder uma chance dessas de chamar sua atenção? Nem ph$d#nd*! Ops! Foi maus!!! mrgreen

Beijão!
avatar
LoiraInteligente em 04 de agosto de 2010 às 11:49:36»
Lorinho, Maria, Luna, Moon,

Ainda bem que temos opção de pelo menos deletar os palavrões on line.
Também talvez tenhamos tido o privilégio de termos bons pais com exemplos louváveis.

Luna,

O mal sempre atrai o mal.
A boca suja predispõe o corpo á suas consequências.

Beijinho
avatar
LoiraInteligente em 04 de agosto de 2010 às 11:45:20»
Evandro,

Trabalhando com jovens aprendi a respeita-los e limita-los quanto ao uso de palavras "torpes" com bom humor mostrando o ridiculo da situação. Seu desafio no telecentro é grande. Educar os pais talvez seja o caminho, mas como faze-lo?
A escola dos meus filhos é muito rigorosa, lá não se permite palavrão, cabelo desalinhando, enfeites espalhafatosos, até a linguagem é dosada de boas maneiras. Dentro da escola. Fico horrorizada cada vez que cruzo com algum colega deles fora dos muros da escola. Duas vidas. Dizer palavrão parece lugar comum. Uma pena.
Boa sorte com os seus.
avatar
LoiraInteligente em 04 de agosto de 2010 às 11:40:46»
Tyr,

Meu querido Deus de Ebano,

Os palavrões não são meus, aliás os abomino. Apenas os transcrevi. Coisas do oficio. Consegue me imaginar falando obsenidades?
Só rindo mesmo.
Um beijinho
avatar
Marya em 04 de agosto de 2010 às 09:02:15»
lol lol

Evandro... ô dó... rs ... quando o exemplo vem de cima é triste...
haja visto o nosso querido Presidente que também dá bons exemplos... rolleyes
avatar
Evandro Eloy em 04 de agosto de 2010 às 08:55:09»
Trabalho com crianças e adolescentes, inseridas no projeto do PETI, e elas são usuárias do Telecentro (centro de inclusão digital) que dirijo), em uma das inúmeras "palestras", para tentar fazer com que eles limitem o uso de palavrões, decidi que se eles utilizarem esta linguagem dentro do Telecentro, eu trocaria por outro garoto (a), e perguntaria aos pais dele se aquela linguagem é a que eles utilizam em casa. (modo de tentar colocar os pais também na educação que eles hoje dispensam apenas aos professores).
Pronto, tive que esperar o pai de um no portão, mas para minha surpresa... o pai disse, se lá em casa meu filho fala: Porra, caralho, merda... não vai falar nesta Merda aqui?
Falei pro pai um bom dia, que já estava em meu horario de almoço... olhei pro rosto triunfante do garoto... que continua a assistir no maximo cinco minutos de minhas aulas, pois não se contém e solta no mínimo um Puta que Pariu.
avatar
Marya em 04 de agosto de 2010 às 08:44:28»
Também não gosto de palavrões... meus pais ensinaram à mim e à meus irmãos à não mencioná-los... lá em casa nunca se pronunciava tais palavras...
Mas na rua, a gente ouve de tudo... e, nos blogs também... rolleyes cool ... fazer o que ?... amordaçar a boca das pessoas não dá...
sorte que em certos lugares e ambientes, a lei é outra, e não é permitido soltar o verbo, assim como não é permitido fumar e etc...
Mas a boa educação é uma coisa tão bonita... pena que hoje em dia os jovens parecem encontrar porcaria em tudo e em todo lugar... exemplo é essa nova ídala da juventude ' lady gaga', que se veste como uma retardada, age como uma louca, fala como uma alucinada e dá péssimos exemplos para a juventude...
fazer o quê?

Sinais dos tempos?
Coisas boas, músicas boas como as clássicas, isso ninguém lembra...
Eu ainda lembro... fujo desse barulho que chamam de música hoje em dia... e prefiro ouvir uma boa música clássica...

wink beijinho Marizete
avatar
Moonwalker em 04 de agosto de 2010 às 08:12:45»
Hehe, complicado... Eu não falo palavrões, não fui criado ouvindo isso, mas não posso negar que a opinião geral realmente é convergente, independente da linguagem utilizada pelo interlocutor... confused
avatar
Tyr em 04 de agosto de 2010 às 04:58:14»
Eu tenho por habito usar o minimo possivel de palavrões! Meu pai dizia que isso vira vicio! Dai eu sempre me policio quanto a isso! O que ? Aqui ? Uma vezinha ou outra! Nada demais! mrgreen
avatar
Tyr em 04 de agosto de 2010 às 02:41:14»
Amor, teu dicionario de baixo calão comeu quente nesse texto hein ?