Faça o seu comentário

Este post não permite comentários

Comentários

avatar
LOROLOKO em 27 de dezembro de 2010 às 23:11:02»
Vou te ajudar Maria:
Mas o que incomodava a caminhada
Era aquela maldita formiga...
Mordeu quando cai..

Esborrachando feito caqui...
Foi logo encima do formigueiro..
Mas na hora nem senti...

Caminhar nessa maldita estrada...
Com a cara toda ferrada...
Da arvore em que bati...


Ficou mais estranho ainda....
avatar
Henrique0706 em 27 de dezembro de 2010 às 13:15:16»
Odeio poesias ma

Mas ficou legal,eu só fiquei um pouco confuso fool
avatar
Marya em 27 de dezembro de 2010 às 09:49:51»
caminhando um caminho parei...
e me deparei com o caminho caminhado...
olhei ao redor e vi estradas a percorrer...
um longo caminho distante de doer...
e corri pela estrada encurvada...
e trombei com uma árvores na estrada...
que dolorosa caminhada!... confused

errr... redface
ficou feio...
avatar
Marya em 27 de dezembro de 2010 às 09:47:40»
lol lol
avatar
LOROLOKO em 26 de dezembro de 2010 às 08:06:03»
Elemental...Esconder os PRESTOBARBA? Que acontece? Esta tendo aquela sindrome nervosa e ta pensando em se depilar??
avatar
Luiz Fernando Galiza em 26 de dezembro de 2010 às 01:38:01»
ESCONDAM OS PRESTOBARBAS!!!! eek eek eek eek
avatar
LOROLOKO em 25 de dezembro de 2010 às 21:55:13»
Gostei ...posso emendar? Continuando:

Suas lagrimas de dor
Não me fazem sofrer
Minha partida eminente
Para um mundo obscuro
Solitario e sem temor
Seguirei meu caminho
Tangido pela dor
Deixo em ti minha marca
Para todo sempre lembrar
Daquele que fez sofrer
Por não saber amar..