Faça o seu comentário

Este post não permite comentários

Comentários

avatar
Tyr em 20 de maio de 2012 às 19:41:17»
Com base no que o Luiz comentou. Parece que fez o mesmo que Alexandre o Grande. Já no caso que mencionei, analisei, mandei todos desligarem os computadores e fiz o impensável: Arranquei o motor da tomada, tirei sua placa lógica e coloquei a nova. Simples assim. Não foi bonito, não foi prático, mas funcionou.
avatar
Luiz Felipe em 20 de maio de 2012 às 18:15:11»
Isso é que é hackear. Hackear é resolver o problema da forma mais simples, mesmo que "incorretamente". É subverter o principio de algo. Ou fazer justamente por diversão.

Dias desses, tive que colocar um programa defeituoso para rodar, ele travava inexplicavelmente. A solução: outro programa que monitora e reinicia. Imperceptivel para o usuario final e resolve o problema. O "bugfix" consistia em usar um relé de estado solido ligado na porta serial para reiniciar o equipamento. Solução simples de hardware para um programa multitarefa extremamente complexo.
Solução correta, consertar todos os defeitos, tempo necessessário: 2 semanas, custo, perca de dinheiro enquanto o sistema não funciona.
Solução "incorreta", reiniciar toda hora a merda do programa, custo: alguns reais e meia hora, o cliente fica satifeito, fodam-se os "arquitetos" de software frescos. software não tem mais bug, reiniciar a cada meia hora faz parte do comportamento.
avatar
LukeSchimmel em 20 de maio de 2012 às 15:19:32»
Ah, bitch, se fosse eu, usaria explosivos... e ainda teria troco '-'