Faça o seu comentário

Este post não permite comentários

Comentários

avatar
Moonwalker em 19 de julho de 2013 às 09:33:45»
Bom, vamos as respostas lógicas do ponto de vista de quem é religioso, então.
O que é esse vazio dentro de mim?
O teor do texto não deixa dúvidas: este vazio é desânimo. Se perceber que aumenta, procure tratamento, pode se tornar depressão.

Deus existe? Onde ele está? Eu não sinto nada!
Deus existe. Mas não é humano, então não espere encontrar com ele numa esquina. Me parece lógico esperar que exista um "ser motor" que tenha criado as coisas um dia, ainda que você talvez prefira acreditar que ele abandonou o projeto por algum motivo (embora este não seja o meu ponto de vista). Para mim, isso faz mais sentido do que acreditar que TUDO que exista tenha surgido sem interferência de alguem.

-Deus está dentro de você, ele é tudo, o início, o fim, e o meio, sem ele você jamais teria existido, ele te criou! Ele irá punir você, por tal heresia!
Não, Deus não está dentro de nós. A Bíblia não diz isso em parte alguma, apesar de ser ensinado por muitas religiões. E não, ele não pretende punir pessoas por heresias. Ele é tudo? Não sei. Não uso essa frase, por considera-la genérica.

Se Deus existe, por que ele não se manifesta dentro de mim? Já que ele “está” no interior de todos nós?
Como eu já disse, ele não está no interior de todos nós. Mas a Bíblia diz no livro de Tiago que é preciso achegar-se a Deus para que ele se achegue a nós. Então se for esperar o contrário, espere sentado.

“Deus é perfeito” “Amor é imperfeito”
Talvez seja melhor rever os seus conceitos. O amor não é imperfeito até que se prove o contrário. Pense em como o mundo seria perfeito se todas as pessoas se amassem. Deus é perfeito? Eu acredito que sim, mas respeito quem não acredita.

Então, como Deus pode ser amor, se amor é imperfeito, já que segundo tudo e todos, Deus é perfeito?
Já respondi.

-Se Deus existe ele não deixaria ninguém passar fome, não haveria crimes, nem tragédias, isso é ridículo!
Deus não causa essas coisas, então não vejo motivos para culpa-lo. Ele se propôs a resolver, já tem um dia estabelecido para fazer isso, e que por bondade este dia já teria ocorrido, mas por justiça, foi preciso esperar, afinal, os seus oponentes afirmaram que podiam fazer melhor. Este tempo serve como prova de que não podiam, não.

Então veja, você pode continuar não concordando com as respostas da Bíblia, mas não pode acusa-las de não ter lógica.

Você sabe o que não tem lógica para mim? Quer que eu seja ateu? Responda também as minhas dúvidas de forma lógica.

Por que as mutações conhecidas e estudadas ou a seleção natural não produzem novas espécies?

Por que uma análise de registros fósseis deixa claro que poucas ou nenhuma mudança ocorreu nos períodos de existência da vida, contrariando a teoria da macroevolução?

Sério, Gabriel... Seria muito mais vantajoso para eu acreditar que Deus não existe. Não precisaria de Igreja, de acordar cedo uma vez por semana, não precisaria policiar meus desejos errados. Seria ótimo, na verdade. Mas para mim, as evidências tem mostrado o contrário. E eu não sou uma pessoa ignorante (huehue nem humilde, pelo jeito). Então você não pode esperar que eu aceitasse argumentos sem lógica.

Apenas pense que se existem mais pessoas crentes que são burrinhas (ignorantes em termos de conhecimento) é porque a religião é para o mundo uma herança social. Se não houvesse a religião como herança social, teríamos uma situação exatamente igual temos hoje.

Enfim, sei que estou gastando meus dedos a toa. Mas se você for falar mal da religião, me chame. Agora, se for para dizer que a Bíblia não tem lógica, pelo menos a conheça, ao invés de usar argumentos ateístas para afirmar isso. Não seja o pior tipo de ateu mencionado lá no post do MDIG de ontem.

E discordo do Brazuka. Não viva a fé sem esperar provas. A fé precisa sim receber provas.