Faça o seu comentário

Este post não permite comentários

Comentários

avatar
Alfredo em 27 de janeiro de 2009 às 14:32:00»
Brasileiro não era para contar a verdade, mas obrigado por florear a história, já que na verdade eu não ia de carro para o meu haras, e sim de bicicleta para o meu kitnet.
Muitos me perguntam porque bebo. Bebo para dar pane no chip.
Dia desses vieram me abduzir de novo, e como eu cortava cenoura na cozinha, quase enfiei a faca no bucho de um deles, mas aí, telepaticamente, me disseram que seu eu matasse um deles, estaria declarando guerra a humanidade. Vocês sabem o que acontece quando um animal mata um homem? Nós matamos o animal. A mesma coisa aconteceria conosco caso eu matasse o bicho. Portanto, todos devem a vida a mim!