Faça o seu comentário

Este post não permite comentários

Comentários

avatar
Politico Honesto em 31 de março de 2013 às 06:34:47»
Tsc, tsc.
avatar
Perfect em 22 de março de 2009 às 16:32:14»
Meu Deus, isso é ridiculo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Quer dizer algumas eu concordo com: o 2,o 5 e o 6!SÓÓÓ!
Os outros são ridiculos! principalmente o 9: O que eu acho mais bonito em um homem é ele chorar! Não existe prova maior de que ele é sentimental! E eu to gostando de um cara só pq eu sei que ele chora quando ve filme, e bicha eu sei que com certeza ele não eh, mas jah é perfeito pq chora sem vergonha e pq é super legal!! Então eu discordo desse textooo!!!!!!Ele é completamente Machista fazendo assim ser horrivelmente ridiculo!
avatar
msp1500 em 20 de março de 2009 às 13:21:35»
Sol;
Só para teres uma idéia, na época em que aquele monstro do Rambo (policial militar de São Paulo) cometeu aquele absurdo e matou aquele coitado daquele músico, eu ainda estava na ativa, mas mesmo assim não sou partidário do corporativismo não. Fui, e sou partidário da opinião que aquele imundo deveria é ser preso, algemado e levado às barras do tribunal de maneira exemplar. E não é só isso não. Dentre os casos mais marcantes, teve recentemente aquele dos policiais militares do Rio de Janeiro que atiraram contra um carro e mataram uma criança que nada sabia ainda da vida e da violência que a cercava, e ainda mais recente, o caso daquela mulher de São Paulo (uma tenente coronel da PM), envolvida com corrupção. E digo isso apenas como exemplo, mas não compactuo com nenhuma espécie de arbitrariedade, corrupção, abuso ou qualquer outro tipo de crime cometido por qualquer funcionário público ou autoridade, quem o dever funcional e moral de dar o exemplo e garantir a paz, a segurança e a tranquilidade da população.
sol em 20 de março de 2009 às 09:35:26»
Concordo com a Loira Inteligente sim, machismo e violência contra a mulher não estão restritos à camada mais pobre da população, nesta ela só é mais aparente, enquanto nas classes mais ricas ela acontece de maneira mais camuflada.
Mas o gostoso de estar aqui é que de um post despretensioso e brincalhão aconteceu uma boa troca de idéias.

msp 1500: se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros.

Arghus X: obrigadinha.
avatar
msp1500 em 19 de março de 2009 às 23:45:19»
LoiraInteligente;
Com certeza absoluta toda unanimidade é burra. Não podemos taxar a origem ou a causa de certas ações violentas somente ao analfabetismo e a pobreza. Constantemente estamos presenciando na mídia pessoas da alta sociedade se enlameando nessas situações. Mais recentemente tivemos o caso do Dado Dolabela e a Luana Piovani. Tiveram um namoro que terminou de maneira conturbada, havia uma determinação judicial para que ele não se aproximasse dela, e como houve a desobediência e ele se aproximou, foi preso. E eles são pessoas cultas e ricas. Em resumo, nenhuma classe social está imune de certos acontecimentos, assim como nenhuma classe social é a causadora ou responsável pelas coisas absurdas que temos o desprazer de ver rotineiramente.
avatar
LoiraInteligente em 19 de março de 2009 às 23:34:22»
Nossa.
Fico até constrangida em comentar depois de tantas opiniões interessantes, mas vou dar um dedo nessa prosa.
Como a Sol argumentou, mesmo o texto sendo uma brincadeira, não deixa de refletir uma triste realidade.
Infelismente, nós mulheres, contribuimos muito com ela, porque os homens são educados por nós. Nem sempre a mulher consegue filtrar essas atitudes machistas a ponto de elimina-la do homem. Já ouvi muita mulher dizer que prefere filho machista que homossexual. Exagero á parte, todo excesso é nocivo, vemos com tristeza que está longe acabar com a violência contra a mulher.
Discordando da Sol, a violência contra a mulher por parte dos machões não se restringe infelismente á camada mais pobre ou menos esclarecida. A diferença é que a de maior poder aquisitivo ou com escolaridade maior teme o escândalo e se cala.
Não é raro ver as "madames" se divorciando por causa da violência dos parceiros. Creio que a solução passa pela plena consciência que a mulher não é e nunca deva se submenter á condição de objeto.
avatar
msp1500 em 19 de março de 2009 às 23:15:26»
Arghus X;
Foi fundo agora, heim. Me sinto muito honrado em ser merecedor de um comentário tão generoso dentro de um contexto magnífico que voce falou acerca de relacionamentos. Muito obrigado pela consideração.
avatar
Arghus X em 19 de março de 2009 às 22:58:46»
Sol, também sinto-me honrado ao ver teus comentários e do msp1500 nas coisas loucas que escrevo por aqui.
Um comentário de um amigo ao nosso trabalho, seja ele como vier, nos dá grande prazer, pois nos serve de termômetro que ele está atingindo seu objetivo ou seja, de saber comunicar uma idéia que nasce em nossas mentes e ganha forma na escrita, nos vídeos e fotos expressas.
Estes comentários feitos agora, serve de alerta a quem o ler, que o respeito deve vigorar entre o casal acima de tudo, pois o amor verdadeiro liberta e dá prazer e a falta de companheirismo e compreensão torna qualquer relacionamento num Inferno que muitas vezes é uma ida sem volta.
avatar
msp1500 em 19 de março de 2009 às 22:50:30»
Sol;
Agora voce fui fundo mesmo. Adoro Che Guevara, e coincidentemente estou vindo agora do post "Quem é vivo conta história - VI" e acabei de acrescentar mais uma parte à mesma, onde terminei citando o grandioso Ernesto Che Guevara. Aqui na região norte nós temos muitas florestas e faz parte do treinamento dos militares algumas instruções duríssimas de selava, com navegação diurna e noturna, orientação sem bússola, sobrevivência e guerrilha, e confesso que meus conhecimentos acerca das técnicas do Che em muito me ajudaram ao longo de todas as instruções que tive na selva, principalmente as que dizem respeito a sobrevivência.
sol em 19 de março de 2009 às 22:19:44»
É amigo, dou a mão à palmatória. Você está certíssimo.
As mulheres devem se valorizar para fazer jus ao respeito.
Mas de qualquer forma ainda há machismo. No mercado de trabalho por exemplo mulheres ganham menos que os homens, ocupando os mesmos cargos.
Mudando de assunto:
Sabe, me dá muito prazer trocar idéias com você, com Arghus X e outros amigos do MDig.
Imagino que no seu trabalho viu muito o "lado podre" da vida e me alegra que não tenha se deixado contaminar e nem se tornado uma pessoa amarga.
"Há que endurecer-se, mas sem jamais perder a ternura"
Obrigada pela amizade.
avatar
msp1500 em 19 de março de 2009 às 21:23:41»
Sol;
Eu conheço bem essa realidade (triste, pos sinal) vivenciada por certas mulheres, mesmo porque, eu sou policial militar aposentado e convivi longos anos atendendo ocorrências desse tipo, todavia, posso te afirmar que muitas dessas mulheres chegavam a nos enojar. Muitas só pensam em acionar a polícia quando estão apanhando, e por mais incrível que pareça, cansei de chegar em locais desse tipo de ocorrência e a própria mulher que solicitara a presença da polícia minutos antes, se dirigia a nós pedindo que não prendessemos o cafajeste, outras pediam que nós fossemos dar conselhos pra ele não fazer mais aquilo, e ainda muitas outras pediam que nós levássemos os canalhas para casa ou para um hospital para ficar internado e se acalmar. Não estou querendo inocentar esses crápulas nem condenar as mulheres, mas cá entre nós, que é um papel muitissimo indigno que algumas mulheres incorporam, issso é, viu. Quanto aos "pobres" companheiros que fizeram essas cafajestadas, como aprontaram uma ou duas vezes e as próprias vítimas os protegeram, certamente irão reincidir em fatos dessa mesma natureza e se sentirão cada vez mais os donos do terreiro, da situação, da mulher e até mesmo do mundo. Infelismente algumas mulheres se sacrificam e concordam pacificamente com as estrepulias que seus companheiros aprontam.
sol em 19 de março de 2009 às 21:08:08»
msp 1500
Não meu amigo, não quis ser preconceituosa. Só fiz a brincadeira porque você mesmo disse que tem um bando cada vez maior que não gosta do material.
E entendi o "bom sentido" não se preocupe, não sou inclinada a melindres. Falo de relacionamentos com amigos, namorados, pai, parentes, os amigos do MDig, enfim...Tive sorte porque nenhum é machista, mas vejo o que acontece por aí afora.
E peço licença para discordar. Há ainda um grande número de homens machistas nesse mundo sim. Claro que quando um desses desclassificados dá azar de virar manchete fala-se semanas do acontecido, mas você não imagina a quantidade de mulheres que sofrem sem contar para ninguém.
Ajudei uma amiga na sua tese para a faculdade sobre um tema relacionado e me surpreendi com os índices de violência contra as mulheres.
Não falo só de violência física, tem também a emocional. Muitos homens tentam infligir as mulheres emocionalmente. E não são só maridos, podem ser amigos, chefes, etc.
Até nosso chefão-mor não disse que engravidou a galega na primeira vez porque é macho?
E ela até riu do comentário...
É Arghus X assim como a Rhianna, essa também merece o marido que tem.
avatar
msp1500 em 19 de março de 2009 às 20:25:23»
Cara amiga Sol;
Não é por nada não, mas a parte final de seu comentáriou me soou um pouco preconceituoso. Já quanto ao início do comentário, tenho algo a salientar. Não sejas tão dura com os homens, porque como voce mesma comentou, voce nunca se relacionou com esse tipo de gente. Então acompanhe o meu raciocínio. Calcule mais ou menos a quantidade de homens que voce já conheceu e já se relacionou, (no bom sentido, é claro), então faça mais ou menos ou cálculos percentuais. Os tipos extremos que voce citou são uma quantidade ínfima, a única coisa que pesa é que quando acontece algum fato envolvendo esse tipo de "homens"???, a coisa repercute muito. Então, graças à Deus esse tipo de orientação machista é muito próxima de zero por cento, não concordas?
sol em 19 de março de 2009 às 20:02:31»
Ainda tem infelizmente muito homem que acha que macheza é sinônimo de tudo o que eu escrevi. Dá para ver isso principalmente na periferia das cidades, no interior, enfim nas famílias mais carentes de cultura, educação. E tem também alguns fanáticos religiosos que dizem que está escrito que o "homem é o cabeça do casal e as mulheres devem obedecê-los". Aquela mesma crença que diz que "num filho se bate até com vara se for preciso para corrigí-lo".
Tenho sorte de nunca ter me relacionado com esse tipo de gente mas conheço pessoas que não tiveram a mesma sorte.
Fico feliz de saber que vocês são homens dignos, corretos e entendem que uma mulher tem que ser tratada com carinho para que esse possa ser retribuído. Pena que isso está cada vez mais escasso.
Mas sem frescuras também né?
Falando nisso, quando uma mulher encontra um homem bonito, bem cuidado (sem exageros), gentil e carinhoso hoje em dia já fica na dúvida: é casado ou homossexual?
rsrs
avatar
msp1500 em 19 de março de 2009 às 19:30:33»
Com certeza, mas o grande problema é que tem um bando cada vez maior que não gosta do material não. rsrsrsrs
avatar
Arghus X em 19 de março de 2009 às 18:33:43»
Exatamente msp1500, cara que bate em mulher prá mim é um cara covarde, que não tem coragem de disputar porrada com outro macho de pau a pau e descarrega numa mulher indefesa sua falta de macheza.
Não é que eu queira ser bonzinho não, mas nem gritar com mulher eu sei, pois por mais que elas me encham o saco, continuo achando que Mulher nasceu para ser compreendida, amada e respeitada pois não existe nada no mundo mais lindo que uma mulher, a começar pela nossa mãe.
Se todos os homens pensassem como nós sobre as mulheres meu amigo msp1500, nem essa tal de Lei Maria da Penha que apoiamos, existiria.
avatar
msp1500 em 19 de março de 2009 às 18:03:00»
Sol, quanto a bater na mulher isso não é papel de macho não. Isso sim é papel de baitola que pretende mostra-se superior pelo uso da pancadaria. Quem faz isso é otário. Mulher foi feita pra ser amada, não para apanhar. Creio que o amigo Arghus X tambem há de concordar comigo nesse ponto de vista. E outra tambem, isso de machão é apenas e tão somente uma brincadeirinha pra descotrair, na verdade, existem apenas homem e mulher, ou seja, tem gente que insiste em criar ainda terceiro, quarto, quinto e muitos outros sexos, mas eu sou partidário de apenas dois sexos.
avatar
Arghus X em 19 de março de 2009 às 17:05:10»
Sol, mulher sem vergonha também gosta tanto desse tipo de mané que ainda suporta tudo isso e não deixa o idiota.
Esqueceu da surra que a Rhianna levou do namorado Chris Brown que acabou com a cara dela e ela ainda voltou prá ele?
Não custa muito e ela apanha de novo, pois bater e coçar é só começar.
Como ela, existem várias por esse mundão afora. sha
sol em 19 de março de 2009 às 14:28:28»
Claro, machão que se preza tem que cuspir no chão, arrotar alto, cultivar seu chulé, levantar de manhã com o hálito azedo de cerveja,bater na companheira...
Quem gosta de machão assim é viado.
avatar
msp1500 em 19 de março de 2009 às 11:39:22»
Verdades verdadeiras.